Utilizamos cookies para fins analíticos e funcionais visando melhorar sua experiência com nosso website.
Ao navegar, você concorda com nosso uso de cookies.
Fechar

COLUNISTAS | Viviane Fernandes

DAN SAMPAIO

O novo rei do samba

Dan Sampaio, nascido no Rio de Janeiro e criado em Santa tereza, sempre encarou a música com excelência, pois além da forma subjetiva de expressar suas ideias, ele também enfatiza a importância da compreensão dos sensações nas relações interpessoais. Aos 11 anos, em meio a rascunhos nos cadernos do colégio e brincadeiras de rimas, surgiram as primeiras letras onde também teve o primeiro contato com a flauta doce, primeiro instrumento musical que teve contato pois ensinavam na escola.

No entanto, sua paixão pelo samba/pagode veio anos mais tarde quando teve contato com um grupo de samba de raiz, o grupo cativeiro, que tocava nos finais de ano na casa de sua vizinha, a tia Sônia, pois eles eram seus parentes, onde motivado e encantado com o som que eles faziam, decidiu formar seu primeiro grupo de pagode, o Sonho de moleque, onde aprendeu a tocar banjo e violão, onde começou a fazer seus primeiros show de pagode pelo bairro, na casa de amigos até chegar em sua primeira casa de show onde foi sua verdadeira escola, a Gafieira Elite no centro do RJ, onde teve o prazer de abrir shows de grandes nomes do pagode como Sorriso maroto, Swing simpatia, Sociedade do samba, Imaginasamba, Pique novo e inclusive teve o prazer de tocar junto com o grupo Raça em uma apresentação.

Foi muito influenciado pelos pagodes dos anos 90, onde está firmada sua maior referência musical, além de Zeca pagodinho, Jorge Aragão, grupo revelação, Dudu nobre, fundo de quintal etc... Após um período ainda no RJ, decidiu se mudar para Bahia em busca de outros projetos. Se formou em Administração mas sempre paralelamente tocando na região de Porto seguro Bahia com um outro grupo chamado Pele Morena.

Com este grupo também compôs algumas canções sendo uma delas selecionada para um concurso musical feito em porto seguro, onde sua música chegou a ficar entre as finalistas.

Após o fim desse projeto, como sempre foi admirador de funk melody, decidiu dar uma pausa na carreira do pagode e entrar de cabeça nesse novo projeto. Como um ótimo resultado, teve suas músicas executadas em grandes rádios na Bahia e abrindo shows de grandes nomes como MR Catra, Mc koringa, Sharon Acioly (dança do quadrado). Após ver a repercussão, decidiu  voltar ao Rio de Janeiro para se lançar como cantor de funk na terra do funk, e mais uma vez teve portas abertas e dessa vez sua música tocou na maiores rádios de funk do rio Fm o dia onde Dj tubarão executou suas músicas e a Beat 98 onde o Dj Marlboro também executava suas músicas além de ter feito uma participação em um de seus clipes gravados de funk, que na época era chamado de Mc. Dan.

Após alguns anos, decidiu reformular seu projeto musical e voltar ao samba/pagode, foi aí que fez parte de um grupo na zona sul chamado Distaque, onde fez diversos shows pelas casas noturnas da zona sul. Depois de um período está reformulando sua carreira e decidiu se lançar com a carreira solo, modificando seu nome artístico para Dan Sampaio e voltando a gravar suas canções.

Neste novo projeto as primeiras canções escritas são em parceria com Gustavo Pinheiro e Drake Gwinner, que são as músicas de trabalho, Fim de semana que foi pensada para curtir com os amigos naquele clima de churrasco em casa, uma música alto astral que promete conquistar todo o Brasil com o clima dançante. Outra música que também é forte candidata a cair na boca da galera é a música Não deu, Um pagode romântico que retrata a realidade de uma vida a dois, afinal quem nunca sofreu de amor e perdeu a pessoa amada não é verdade? Outra música que está inserida nesse projeto é a música 5 meses que possui a mesma proposta da anterior, romântica onde relata o amor não correspondido. A última música deste projeto inicial chama-se o Pai tá on, que é um verdadeiro partido alto bem animado como manda o figurino do samba, onde ele mostra um pouco de sua raiz e influência musical.

Publicado por
Viviane Fernandes
Empresária no ramo de turismo
em 23/06/2021 às 16:08

Compartilhe

Revista DigitAL Destaque - 2021

Flag Counter